sábado, 1 de março de 2014

O que a gíria “TIPSY” significa?

TIPSY
[levemente embriagado; meio alto]














  • No more wine for me, thanks. I’m already feeling a bit tipsy.
  • Chega de vinho para mim, obrigado. Eu já estou meio alto.

HAMMERED
[completamente bêbado; de porre; baqueado]
  • She got hammered at the party.
  • Ela tomou um porre na festa.
Essa gíria vem do sentido original da palavra hammer, martelo. Ou seja: no sentido figurado, quem está bêbado está “martelado” (chumbado, baqueado, pregado).


sexta-feira, 29 de julho de 2011

Treine seu inglês com a genial Amy Winehouse

 
Como não poderia deixar de ser, a morte de Amy Winehouse, encontrada sem vida neste sábado em sua casa, em Londres, rapidamente se tornou o assunto mais comentado no Twitter. Fãs lamentando, perfis sátiros fazendo piada, e muito famosos manifestando. Uma das personalidades que postou no microblog foi Kelly Osbourne, filha de Ozzy Osbourne: ”Eu não posso sequer respirar direito agora. Estou chorando tanto porque acabei de perder uma das minhas melhores amigas. Eu te amo para sempre e nós nunca vamos esquecer você”.


Rehab 
Composição: Amy Winehouse
video

They tried to make me go to rehab
But I said 'no, no, no'
Yes, I've been black, but when I come back
You'll know-know-know
I ain't got the time
And if my daddy thinks I'm fine
He's tried to make me go to rehab
But I won't go-go-go

I'd rather be at home with Ray
I ain't got seventy days
'Cause there's nothing
There's nothing you can teach me
That I can't learn from Mr. Hathaway

I didn't get a lot in class
But I know it don't come in a shot glass

They tried to make me go to rehab
But I said 'no, no, no'
Yes, I've been black, but when I come back
You'll know-know-know
I ain't got the time
And if my daddy thinks I'm fine
He's tried to make me go to rehab
But I won't go-go-go

The man said "why do you think you're here?"
I said "I got no idea.
I'm gonna, I'm gonna lose my baby,
So I always keep a bottle near."
He said "I just think you're depressed,
Kiss me here, baby, and go rest."

They tried to make me go to rehab
But I said 'no, no, no'
Yes, I've been black, but when I come back
You'll know-know-know

I don't ever want to drink again
I just, ooh, I just need a friend
I'm not going to spend ten weeks
And have everyone think I'm on the mend

It's not just my pride
It's just 'til these tears have dried

They tried to make me go to rehab
But I said 'no, no, no'
Yes, I've been black, but when I come back
You'll know-know-know
I ain't got the time
And if my daddy thinks I'm fine
He's tried to make me go to rehab
But I won't go-go-go

Confira a galeria de fotos de Amy Winehouse!

A cantora Rihanna também demonstrou pezar pela morte de Amy: ”Meu Deus, tenha piedade! Estou doente com a notícia da morte da Amy”. O mesmo fez o backing vocal da cantora, Zalon Thompson: "Uma parte de mim morreu hoje. Nos conectamos por caminhos que vou valorizar para sempre. Você sabe o quanto eu te amo. RIP Amy Winehouse", desabafou. O chamado “queridinho” do Twitter, Ashton Kutcher, também registrou a morte da cantora: “"Rip amy winehouse". Sua mulher, Demi Morre, escreveu em seguida: “É triste a notícia sobre Amy Winehouse. Meu coração está com a sua família. Que a sua alma perturbada encontre a paz".

Na lista das celebridades brasileiras, Rita Lee, ícone do rock and roll nacional, registrou “"Amy, i love you". Em seguida, ironicamente ela disse que vida de artista "é clichê". "Ou morre de overdose, ou entra em uma seita, ou vive em rehabs. Os sobreviventes viram dinossauros. Ass Tiranossaura". Já o roqueiro Lobão postou apenas “RIP”, sigla de Rest in Peace – descanse em paz em inglês. Enquanto isso, a cantora Bebel Gilberto demonstrou não crer na notícia. "Meu coração está partido; Amy winehouse está morta . Que ela descanse em Paz. Muito triste. Não consigo acreditar que é verdade". Já a baiana Pitty prometeu homenagear a britânica em Nova York: "O melhor que posso fazer é homenageá-la no show de amanhã no Central Park, tocando uma de suas músicas com a alma entregue".

Não às drogas

Muitos famosos aproveitaram a morte de Amy Winehouse, cujas causas ainda são desconhecidas, para fazer alerta sobre o uso indiscriminado de drogas. Vanessa da Mata, por exemplo, afirmou: "É uma pena q Amy Winehouse tenha falecido. Genial cantora, não parecia suportar este mundo sem as drogas. Ao meu ver, os arranjos, a maneira como ela cantava como uma diva do Jazz anos 30 40, o timbre diferenciado a faziam especial. droga: prisão disfarçada de viagem" .

O ator Thierry Figueira também especulou que Amy tenha morrido em decorrência das drogas: "O Mundo perde mais um grande artista para as drogas ... #adeusAmy". O jovem Fiuk também o fez: "Cada um faz as suas escolhas, né Amy? Cuidado com as drogas galera! 27 anos é brincadeira". Negra Li lamentou dizendo: "Eu estou chorando...Que final é esse? Amy Wine House não conseguiu e foi vencida...Lamentável!".

A cantora Daniela Mercury exaltou o talento de Winehouse e não deixou de citar o envolvimento da britânica com as drogas: “Que pena que ninguém conseguiu evitar sua morte. Amy não precisava das drogas para eternizar sua arte. Seu talento bastava". O cantor Michel Teló disse o mesmo: "Lamentável a pessoa nesse nível de talento e sucesso, não conseguir se controlar e se matar através das drogas".

A apresentadora Adriane Galisteu também deixou seu alerta contra as drogas no microblog: "Muito triste com a morte do maior talento dos últimos tempos ... nossa Amy deixou além de sua voz o aviso droga: NÃO" . Já a apresentadora Eliana não citou as drogas ao comentar a morte de Amy, mas aproveitou para lembrar a maior tragédia recente da Europa, ocorrida nessa sexta-feira na Noruega, onde mais de 90 pessoas morreram em dois ataques terroristas: “Que dia triste... Sem Amy e a tragédia de Oslo".


Confira tweets de outros famosos:

Sean Kingston:
”Uau! Amy Winehouse está Morta!! Eu era um grande fã e amei aquela mulher. Descanse em paz. Estou arrasado”
Demi Lovato
: “É tão triste…Infelizmente o mundo perdeu uma mulher incrivelmente talentosa para uma doença tão poderosoa… o vício. Descanse em paz.
Jessica Alba: “Muito triste sobre Amy Winehouse. Ela era muito talentosa! É realmente trágico”
Kim kardashian:
”Acabei de ouvir a notícia de que Amy Winehouse morreu. Um verdadeiro talento. Peço que ela esteja em um lugar melhor e em paz”.
Sandy: ”E a Amy morreu… Pode ser ingenuidade minha, mas achei que uma hora ela ia sair desse caminho e VIVER da música dela, q era boa. Q triste…”
 Preta Gil: “Pousamos em SP e fiquei triste demais e chocada com a notícia da morte da Amy Winehouse, uma artista única de um talento imenso, que perda!!”
Glória Perez: ”Que triste! Amy Winehouse morreu!”
Carolina Dieckmann: “Meu Deus… A Amy morreu… Coração apertado, doeeendo!”

sexta-feira, 1 de julho de 2011

ALUNOS PARTICIPAM DA SEMANA: "Independence Day 4th of July"

A aula é fortemente colorida — branca vermelha e azul. Decoração nos tons da bandeira americana. Um inglês fluente, desinibido e ansioso por aprender mais. Um falatório em idioma estrangeiro, mas com sotaques diversos. Afinal, quem está participando essa semana das aulas de inglês está passando uma semana, imersos na cultura americana.
Ficou complicado? Explica-se. São jovens, entre 12 e 18 anos. Estão desfrutando de atividades, durante uma semana, onde irão conhecer a história da capital americana e também aprender melhor a cultura americana. “Como é o semana que antecede a 4 de julho, decidimos fazer essa imersão e unir o ensino de inglês com história americana”, diz: Rafael Toledo, professor do curso de idiomas da unidade.
O feriado da Independência Americana nos Estados Unidos, as aulas são inspiradas nas comemorações da data. Da mesma forma que acontece por lá, estamos realizando jogos, brincadeiras, gincanas. Pura diversão, ou seja, uma aula lúdica. “As comemorações dessa data nos Estados Unidos não são feitas com desfiles militares nem mostra de força, mas com churrascos, festas e encontros com os amigos”, explicou o professor Carlos José.

domingo, 26 de junho de 2011

Nail Painting Tutorial: Independence Day

I am going to attempt to explain how I managed to paint the American Flag on my thumbnail.

For some reason, I decided to paint the American flag my thumbnail (and only my thumbnail). The reasonable excuse for this was that I was very patriotic. However, I am not American. The truth would be that I was ridiculously bored. But I am making the fact that today is Independence Day as an excuse for my odd behaviour.
What you will need:
  • A base coat
  • White, Red and Blue nail polish
  • A fine paint brush
  • Nail polish remover
First off, apply a base coat over your nails. This is to protect your nails from staining.
Then, after it has dried, cover the entire nail with white nail polish.

After it has completely dried, use a fine brush and paint thin, red stripes horizontally across the entire nail.

Then, paint a thick, navy square on the top left corner of your nail. It is easier to use the thick brush attached to the cap of the nail polish than to use a fine brush. Just personal preference.

After that has completely dried, use the fine brush again to draw small dots with the white polish (these are meant to be the stars, but that is much too difficult).

ALL DONE!
(If you make mistakes, just use the nail polish remover to correct it. Also use it to clean the paintbrush, as if left to dry, will ruin the bristles)

how mine turned out
Happy 4th of July!

sábado, 4 de junho de 2011

Reading Class

As tecnologias do mundo moderno fizeram com que as pessoas deixassem a leitura de livros de lado, isso resultou em jovens cada vez mais desinteressados pelos livros, possuindo vocabulários cada vez mais pobres.
A leitura é algo crucial para a aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação. Muitas pessoas dizem não ter paciência para ler um livro, no entanto isso acontece por falta de hábito, pois se a leitura fosse um hábito rotineiro as pessoas saberiam apreciar uma boa obra literária.
Pensando nisso que foi realizado esta semana na Unidade Digital Max Santos, a primeira "Reading Class" (aula de leitura"). O professor Carlos José apresentou aos seus alunos alguns clássicos da literatura brasileira e portuguesa, tais como: Machado de Assis (Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas); Eça de Queiroz (O Primo Basílio); Aluísio Azevedo (O Cortiço), entre outros.
O professor aproveitou a oportunidade para falar do incentivo à leitura, não só em sala de aula, mas também no dia a dia.
Ao ser perguntado aos alunos sobre o que estavam lendo a aluna Brunna Batista Pacheco respondeu: "...estou lendo Dom Casmurro a pedido da escola.", ou seja, obra acima citada. É importante levar os alunos ao mundo da leitura.

sábado, 16 de abril de 2011

ATIVIDADE LÚDICA - HAPPY EASTER!!!


Estamos realizando esta semana atividades em comemoração a Páscoa, com a pintura e decoração de ovos, simbolizando essa data festiva.

Nos Estados Unidos, assim como no Brasil, o ovo é o símbolo da Páscoa cristã, mas saem os ovos gigantes de chocolate e entram os ovos de galinha, cujas cascas são pintadas na véspera da páscoa numa atividade que envolve toda a família. Depois disso os pais escondem os ovos pela casa e no domingo as crianças saem a caça deles. Chocolates também fazem parte da páscoa americana, mas nada comparável ao lugar ocupado pelo chocolate na páscoa brasileira.
Além de promover o lúdico entre os alunos, os mesmos aprendem novas palavras e expressões referentes ao assunto. Há outras atividades como a leitura de textos e o preenchimento de cartões de páscoa (os quais estão expostos em um mural). Algumas turmas estão realizando o "Amigo Chocolate", uma forma de simbolizar essa data através da troca de chocolate entre os alunos.

Participe de nossas atividades, e confira as fotos a seguir. Happy Easter!!!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

ALUNOS DIGITAL MAX RECEBEM NATIVO DA LINGUA INGLESA


Foi realizada na tarde de ontem na Digital Max (Unidade Santos), a visita do Sr. James McGrellar, um americano nascido em Delaware, que vive em Maryland, nos Estados Unidos.

A visita foi de extrema importância para a Unidade, visto que, os alunos tiveram contato direto com um native speaker (falante nativo), através de perguntas sobre o seu país, cultura e outros aspectos sociais. E todos tiveram uma excelente aula com a presença de James, pois o mesmo mostrou-se bastante extrovertido, quebrando o mito de que os americanos são frios. Enfim, muitos alunos sentiram-se emocionados, pois foi a primeira vez que tiveram contato com um estrangeiro. Visitas como esta proporcionam ao aluno a importância do domínio de um segundo idioma e a sua socialização com outras culturas.